COMÉRCIO VAREJISTA FECHA ANO COM ALTA DE 1,8% NAS VENDAS

O COMÉRCIO VAREJISTA BRASILEIRO FECHOU 2019 COM UM CRESCIMENTO DE 1,8% NO VOLUME DE VENDAS. O DADO É DA PESQUISA MENSAL DE COMÉRCIO, DIVULGADA, NO RIO DE JANEIRO, PELO IBGE.

O ANO PASSADO FOI O 3º CONSECUTIVO EM QUE O VAREJO TEVE ALTA. NO ENTANTO, APRESENTOU RESULTADO INFERIOR AOS DE 2018, QUANDO A ALTA FOI DE 2,3%; E 2017, QUANDO HOUVE ALTA DE 2,1%.

SETE DAS OITO ATIVIDADES DO VAREJO ENCERRARAM 2019 COM ALTA. A EXCEÇÃO FICOU COM O SEGMENTO DE LIVROS, JORNAIS, REVISTAS E PAPELARIA, QUE RECUOU 20,7% EM RELAÇÃO AO ANO ANTERIOR.

ENTRE AS ATIVIDADES EM ALTA, DESTACAM-SE ARTIGOS FARMACÊUTICOS, MÉDICOS, ORTOPÉDICOS E DE PERFUMARIA, COM ALTA DE 6,8%; OUTROS ARTIGOS DE USO PESSOAL E DOMÉSTICO, ALTA DE 6%, E MÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS, CRESCIMENTO DE 3,6% NAS VENDAS.