BANCO CENTRAL DEVE REALIZAR MUTIRÕES PARA RENEGOCIAR DÍVIDAS DE 2 MILHÕES DE CLIENTES EM 2020

O DIRETOR DE RELACIONAMENTO, CIDADANIA E SUPERVISÃO DE CONDUTA DO BANCO CENTRAL, MAURÍCIO MOURA, AFIRMOU QUE OS BANCOS DEVEM REALIZAR 2 MUTIRÕES DE DÍVIDAS PARA CLIENTES ESTE ANO, SENDO UM A CADA SEMESTRE. CADA EVENTO DEVE ATENDER PELO MENOS 1 MILHÃO DE PESSOAS E VALER APENAS PARA PESSOA FÍSICA, E NÃO PARA EMPRESAS.

UM MUTIRÃO REALIZADO NO ANO PASSADO ATENDEU 820 MIL PESSOAS E RENEGOCIOU R$ 4 BILHÕES E MEIO DE REAIS EM DÍVIDAS. O DESCONTO MÉDIO FOI DE 65% E O PRAZO MÉDIO PARA PAGAMENTO DAS DÍVIDAS FOI DE 58 PARCELAS. NO EVENTO, OS BANCOS PROMETERAM OFERECER ATÉ 92% DE DESCONTOS AOS CLIENTES.

SEGUNDO O DIRETOR DO BANCO CENTRAL, O OBJETIVO É MELHORAR A RENEGOCIAÇÃO E O COMPARTILHAMENTO DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ÀS PESSOAS ENDIVIDADAS.