GOVERNO RECEBEU DENÚNCIAS DE INCÊNDIOS CRIMINOSOS NA AMAZÔNIA

O porta-voz do palácio do planalto, Otávio regô barros, afirmou que o presidente Jair bolsonaro têm recebido denúncias de que incêndios criminosos na floresta amazônica podem ter sido causados em reação à suspensão de repasses para ONGS e também de verbas de países para o fundo amazônia, projeto de cooperação internacional para preservação da floresta.

Ainda segundo regô barros, a responsabilidade pelas queimadas criminosas e o desmatamento ilegal não é só do governo federal, mas também de estados, municípios e da própria sociedade. Ele defendeu as ações federais em curso para minimizar os problemas. 

O Ibama lançou nesta quarta-feira um edital para contratar uma empresa privada a fim de monitorar o desmatamento na amazônia.

A decisão de buscar a iniciativa privada já tinha sido anunciada pelo governo bolsonaro, que criticou os dados atualmente captados pelo INPE, o instituto nacional de pesquisas espaciais, episódio que levou à exoneração do diretor do instituto, ricardo Galvão