REFORMA DA PREVIDÊNCIA: CÂMARA APROVA REDUZIR DE 20 PARA 15 ANOS TEMPO MÍNIMO DE CONTRIBUIÇÃO PARA HOMENS

O Plenário da câmara aprovou nesta madrugada, por 445 votos a 15, um destaque ou alteração ao texto da reforma da previdência que reduz, de 20 para 15 anos, na proposta, o tempo mínimo de contribuição exigido para homens do regime geral ou setor privado poderem se aposentar.

O texto-base da reforma, aprovado em primeiro turno pela câmara na quarta-feira, previa tempo mínimo de contribuição de 20 anos para homens.

Com a aprovação do destaque, apresentado pelo PSB, o tempo mínimo de contribuição para os homens será de 15 anos, mesmo tempo mínimo de contribuição previsto para as mulheres.

O destaque aprovado não modifica as idades mínimas para homens e mulheres poderem se aposentar, que são de 65 anos para eles e 62 anos para elas.

O texto ainda não é definitivo e pode sofrer alterações quando chegar ao senado federal.