Senado italiano endurece leis contra imigrantes ilegais

08/11/2018

Por: Redação

A Câmara dos Deputados da Itália analisará mudanças nas leis de proteção humanitária. O conjunto de regras atende, principalmente, os imigrantes que chegam ao país europeu.

A mudança no texto gerou repercussão dentro das associações responsáveis pelo atendimento aos refugiados.

O Senado italiano decidiu revogar a permissão de residência oferecida pelo período de dois anos e a garantia acesso ao mercado de trabalho aos imigrantes.

O novo texto autoriza a permanência pelo período de um ano para casos extremos, incluindo tratamentos de saúde e desastres naturais no país de origem.

O projeto de lei também realiza mudanças nas áreas de segurança pública e no confisco de bens dos integrantes de grupos criminosos.