Programa bolsa família tem maior corte da história.

O número de beneficiários pagos pelo bolsa família em julho registrou a maior redução desde o lançamento do programa, em 2003.

O número de benefícios encolheu em 543 mil famílias.

Segundo a resportagem do uol, o corte inclui suspensões para avaliação e cancelamentos.

Mesmo assim, ainda existe mais de um milhão e meio de pessoas na fila de espera para ingressar no programa.

O ministério do desenvolvimento social disse que a culpa desses cortes foi a política econômica implantado pelo governo Dilma Rousseff, enquanto a ex-presidente, em nota, disse que a culpa é da opção do atual governo em favorecer os mais ricos.