Indicada para Procuradoria é sabatinada no Senado

12/07/2017

Por: Redação

A subprocuradora da República Geral da República, Raquel Dodge, passou por uma sabatina, nesta quarta-feira (12), no Senado Federal, para ocupar o cargo de procuradora. Atualmente, a vaga está sob responsabilidade de Rodrigo Janot, mas o mandato termina no segundo semestre deste ano.

Durante os questionamentos dos parlamentares, que tiveram início às 10h, a subprocuradora falou sobre o trabalho da Polícia Federal para combater os casos de corrupção no país.

A indicada pelo presidente Michel Temer também comentou sobre a importância da Operação Lava Jato para o Brasil.

Raquel Dodge também foi questionada sobre a importância do Ministério Público para combater o crime organizado.

A sabatina é um instrumento utilizado para oficializar a nomeação do indicado para ocupar o cargo.

Depois do encerramento dos questionamentos, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) irá se reunir e, em votação secreta, apresenta a opinião sobre o futuro do cargo na Procuradoria Geral da República (PGR).

Em caso de aprovação ou reprovação, o nome de Raquel Dodge também irá ao plenário do Senado, onde precisa de 41 votos favoráveis para nomeação oficial, que está prevista para acontecer em 18 de setembro.