Leite e feijão deixam cesta básica mais cara

08/08/2016

Por: Redação.

 

Encher o carrinho do supermercado ficou mais caro, em julho, em 22 das 27 capitais brasileiras.

A pesquisa foi feita pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos)

As poucas diminuições aconteceram em Brasília, Florianópolis, Belo Horizonte, Belém e Porto Velho.

A maior alta no preço da cesta básica, de mais de 8%, foi registrada em Boa Vista.

Seguida por João Pessoa e Manaus.

A cesta mais cara do país, porém, está em São Paulo.

Onde o consumidor gasta, em média, R$475,00 para fazer a compra do mês.

Já na outra conta do ranking estão Natal e Rio Branco, onde o valor ficou na casa dos R$370,00.

No geral, o aumento do valor da cesta básica foi puxado, principalmente, pelo leite, pela manteiga e, é claro, pelo feijão.